Notícias

Banco Central aumenta projeção do PIB

21 de setembro de 2017

Instituição ampliou de 0,5% para 0,7% a estimativa de crescimento da economia brasileira este ano, com destaque para o avanço do setor agropecuário.

Brasília - O Banco Central (BC) aumentou a projeção para o crescimento da economia brasileira este ano de 0,5%, segundo estimativa de junho, para 0,7%, de acordo com o Relatório de Inflação divulgado nesta quinta-feira (21). “A revisão positiva reflete, principalmente, o desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) no segundo trimestre, superior à mediana das expectativas do mercado”, diz o relatório.

Na revisão da estimativa, o crescimento do PIB é puxado pelo setor agropecuário. A projeção do crescimento anual da agropecuária passou de 9,6% para 12,1%. A projeção para a evolução da atividade industrial passou de crescimento de 0,3% para recuo de 0,6%, refletindo, principalmente, o menor desempenho na construção civil.

Segundo o relatório, o setor de serviços deve apresentar desempenho ligeiramente melhor do que o previsto anteriormente (expansão de 0,1% na comparação com redução de 0,1%).

O BC também projeta aumento do consumo das famílias em 0,4%. A previsão anterior era de estabilidade. Na seara dos investimentos, a projeção de retração da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) passou de 0,6% para 3,2%, “refletindo, sobretudo, o fraco desempenho do setor de construção civil e a expressiva queda nas importações de bens de capital”.

Para 2018, o BC espera um crescimento de 2,2%.