Notícias

Embaixador lança 2ª edição de livro sobre o Iraque

04 de julho de 2016

Bernardo de Azevedo Brito publicou versão revista e ampliada de sua obra para incluir a ascensão do Estado Islâmico e seus efeitos no país.

São Paulo – O embaixador Bernardo de Azevedo Brito lançou recentemente uma segunda edição revista e ampliada de seu livro Iraque: dos primórdios à procura de um destino. A obra foi publicada originalmente em 2014 e conta a história do país árabe desde o fim do Império Otomano até os dias de hoje.

Brito, hoje aposentado, foi embaixador do Brasil no Iraque de agosto de 2006 a outubro de 2011 e responsável pela reabertura da representação diplomática. Ele decidiu ampliar o livro para incluir os acontecimentos mais recentes da história do país, em especial a ascensão do autoproclamado Estado Islâmico.

A segunda edição, publicada pela Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tem capa diferente, novo prefácio, nova introdução e um capítulo inédito sobre o autointitulado Califado. “E as conclusões [do livro] mudaram, estão menos otimistas, infelizmente”, disse Brito.

No prefácio, o autor explica que o estabelecimento do grupo armado colocou em jogo o processo de reconstrução do Iraque, daí a necessidade de uma segunda edição. “Se a publico agora é porque os ingredientes da crise se acham identificados, embora só o passar do tempo permita mostrar como o país irá sobreviver à ameaça para a sua própria existência que representou a proclamação, em junho de 2014, do Estado Islâmico”, escreve o embaixador.

Ele destaca que o cenário interno do Iraque já era grave na época, “mas o estopim da crise que abalou o país foi importado da Síria”, diz, referindo-se ao conflito civil iniciado em 2011 na nação vizinha que facilitou o fortalecimento de grupos rebeldes armados. Para o embaixador, as ocupações de províncias iraquianas pelo Estado Islâmico “levaram a uma reversão de expectativas” quanto ao desenvolvimento de “um país novo e promissor”.

As divisões sectárias do Iraque se tornaram mais evidentes, assim como ficou mais claro o interesse de potências regionais nos conflitos internos. “Durante mais de um século, o Ocidente foi o árbitro do futuro das populações árabes da região [do Oriente Médio], que ora assumem as rédeas de seu destino, com todos os imprevistos que isso já está acarretando”, escreve o autor.

Brito conta que fez ajustes em várias das avaliações realizadas na primeira edição para ajustá-las à nova realidade do país. “O desafio dos governantes do Iraque escolhidos em setembro de 2014 é de fazer com que todos os iraquianos se sintam representados pelos que agora detêm o poder em Bagdá”, destaca.

Serviço

Iraque: dos primórdios à procura de um destino
2ª edição, revista e ampliada
Bernardo de Azevedo Brito
Editora da UFSC
444 páginas
Preço: R$ 36,00
Saiba mais detalhes e onde comprar no site da editora: http://goo.gl/tCbbTl