Notícias

Qatar Airways Cargo vai crescer na América do Sul

14 de junho de 2016

Chefe da divisão de cargas da companhia aérea afirma que aumento de frota e atuação em novos destinos vão levar empresa a ampliar presença no mercado nos próximos meses.

São Paulo - A Qatar Airways Cargo vai ampliar sua presença em três mercados nos próximos meses. Austrália, Transpacífico, região que compreende Ásia e Pacífico, e América do Sul. Novas aeronaves são a principal aposta da empresa para atingir o crescimento, além de um novo polo de distribuição de voos em Luxemburgo e ampliação dos destinos atendidos. A promessa foi feita nesta terça-feira (14) pelo chefe da divisão de cargas, Ulrich Ogiermann, na abertura da feira Air Cargo China, em Xangai.

“No ano passado, tivemos sucesso ao nos tornar o terceiro maior transportador internacional de cargas, mas ainda há áreas nas quais não exploramos todo o potencial. Em 2017, teremos como foco regiões como Transpacífico, Austrália e América do Sul. Não se surpreendam se vocês nos virem nos tornando um grande ‘ator’ em todos estes mercados nos próximos nove meses. Nossa expansão nestes mercados tem sido possível devido ao crescimento da nossa frota pois receberemos três novos aviões até março de 2017, e lançamos nosso hub (polo de distribuição) em Luxemburgo”, afirmou Ogiermann.

Até o ano que vem a empresa pretende ter 22 aviões exclusivamente cargueiros em operação. Atualmente, há 20 em operação na sua frota. A América do Sul não recebe nenhum cargueiro da empresa.

Na região, o transporte de cargas é feito no compartimento de cargas dos voos comerciais que voam de Doha para São Paulo e de São Paulo para Buenos Aires. No voo de volta, o avião parte da capital argentina, para em São Paulo e segue para Doha. São os dois destinos operados pela empresa na América do Sul, segundo informações do site da empresa. Ainda neste ano, a Qatar Cargo adicionará dois destinos da América do Norte: Halifax, no Canadá, e Nova Iorque, nos Estados Unidos.

De acordo com o relatório Estatísticas de Transporte Aéreo Mundial da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), a Qatar Cargo ocupava, em 2014, a oitava posição entre as empresas de transporte de carga aérea. Estava atrás, em volume de carga transportada, de Fedex, Emirates, UPS, Cathay, Korean Air, Lufthansa e Singapore Airlines.