Notícias

Arábia Saudita diz que mundo aguenta petróleo mais caro

20 de abril de 2018

Jeddah – O mercado internacional consegue absorver o aumento dos preços do petróleo, disse o ministro da Energia da Arábia Saudita, Khaled Al Faleh, nesta sexta-feira (20), segundo a Kuwait News Agency (Kuna), dia em que o presidente norte-americano, Donald Trump, criticou via Twitter a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) pelo corte de produção que vem ocorrendo desde o ano passado.

“Os preços do petróleo estão artificialmente altos! Isso não é bom e não será aceito!”, disse o presidente dos EUA em postagem na rede social.

De acordo com o ministro, a adesão ao acordo firmado entre países membros e não membros da Opep está em 145%. Pelo acordo, as nações signatárias se comprometeram a reduzir sua produção conjunta em 1,8 milhão de barris por dia com o objetivo de sustentar os preços.

Faleh acrescentou que o estoque internacional de petróleo diminuiu em 300 milhões de barris desde janeiro de 2017. Apesar do patamar atual de US$ 70 por barril, o ministro fez um alerta contra a volatilidade dos preços, e acrescentou que o bloco de países produtores vai reavaliar as reservas internacionais em sua próxima reunião, em Viena, no mês de junho.

Divulgação/Sonatrach

The post Arábia Saudita diz que mundo aguenta petróleo mais caro appeared first on Agência de Notícias Brasil-Árabe.