Notícias

Balança comercial de junho tem superávit

13 de junho de 2016

Na segunda semana do mês, saldo ficou positivo em US$ 561 milhões, mas as exportações foram menores do que na primeira semana. As importações, no entanto, cresceram.

São Paulo - A balança comercial brasileira encerrou a segunda semana de junho, dos dias 06 a 12, com superávit de US$ 561 milhões. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (13) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), as exportações da segunda semana somaram US$ 3,49 bilhões, ou US$ 657,9 milhões por dia útil, com redução de 13,3% em comparação com a primeira semana do mês. As importações, por sua vez, somaram US$ 2,928 bilhões, com média diária de US$ 585,7 milhões, um aumento de 9,8% sobre o desempenho da primeira semana.

Segundo o MDIC, na segunda semana do mês caíram as exportações das três categorias de produtos em comparação com a primeira semana. Entre os básicos, a redução foi de 9,2%, para US$ 335,2 milhões, devido principalmente à redução nas remessas de soja em grão, minério de ferro, carnes, farelo de soja e fumo em folhas.

Entre os semimanufaturados, a redução em comparação com a primeira semana foi de 14,2%, para US$ 96,5 milhões, devido à queda nas vendas de celulose, açúcar bruto, semimanufaturados de ferro/aço, couros e ferro-ligas. Já entre os manufaturados, ocorreu retração de 18,3%, para US$ 249,6 milhões. Houve menos receita com automóveis, polímeros plásticos, autopeças, óxidos e hidróxidos de alumínio, produtos laminados de ferro/aço e pneumáticos.

No acumulado do mês, as exportações somam US$ 5,903 bilhões, com média diária de US$ 737,9 milhões e queda de 21,1% em comparação com a média diária de junho do ano passado. As importações, até a segunda semana, alcançaram US$ 4,529 bilhões, com média diária de US$ 566,1 milhões, ou 21,3% abaixo da média de junho de 2015. No ano, a balança comercial registra superávit de US$ 21,036 bilhões. No mesmo período do ano passado, o saldo estava positivo em apenas US$ 353 milhões.