Notícias

Balança comercial tem superávit de US$ 1,1 bilhão

27 de junho de 2016

São Paulo - A balança comercial brasileira obteve superávit de US$ 1,1 bilhão na semana passada, com cinco úteis. De acordo resultados divulgados nesta segunda-feira (27) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), tanto as exportações com as importações cresceram pela média diária sobre as três primeiras semanas de junho.

As exportações somaram US$ 801,8 milhões em média por dia útil na última semana, um aumento de 5,7% sobre a média do mês até a terceira semana.

As remessas de produtos básicos cresceram 6,4% em razão das vendas maiores de minério de ferro, petróleo bruto, carne de frango, farelo de soja e fumo. Entre os produtos manufaturados, houve expansão de 10,8%, impulsionada pelas exportações de automóveis, óxidos e hidróxidos de alumínio, veículos de carga, açúcar refinado, laminados planos de ferro e aço, autopeças e tubos de ferro fundido.

Entre os semimanufaturados, houve queda de 9,22%. Caíram, sobretudo, as receitas com embarques de celulose, semimanufaturados de ferro/aço, ouro em forma semimanufaturada, ferro-ligas, óleo de soja bruto e cátodos de cobre.

Já as importações da quarta semana cresceram 0,7% sobre o desempenho até a terceira semana. Aumentaram os gastos com equipamentos mecânicos, adubos e fertilizantes, farmacêuticos, siderúrgicos, e borrachas e obras.

No acumulado do mês, as exportações e as importações estão menores do que em junho do ano passado. Até a quarta semana, foram exportados US$ 770,4 milhões em média por dia, receita 17,6% menor. No sentido contrário, foram importados US$ 578,8 milhões pela média diária, ou 19% menos.

O saldo da balança comercial acumulado em junho está positivo em US$ 3,448 bilhões. No ano, o superávit está em US$ 23,110 bilhões. Até a quarta semana de junho do ano passado, o superávit era de US$ 1,886 bilhão.