Notícias

Brasileiras em prol do meio ambiente no Líbano

01 de dezembro de 2017

São Paulo – Mulheres brasileiras que vivem no Líbano criaram um grupo de conscientização ambiental em Beirute. O objetivo do “Ecogrupo Brasil Líbano” é ajudar a melhorar as condições do meio ambiente no país, conscientizando o maior número possível de pessoas sobre a forma de viver uma vida sustentável, através da educação.

O grupo foi criado por Rose Maasri e mais 30 mulheres a partir de uma crise na coleta de lixo no país. “Conversando com algumas brasileiras do Grupo Amizade Brasil, bastante atuante aqui no Líbano, descobrimos várias de nós com a mesma preocupação e resolvemos que poderíamos fazer algo para mudar isto, então criamos o grupo”, disse Maasri.

Apresentações em Power Point estão sendo produzidas e serão distribuídas gratuitamente e o Ecogrupo pretende levar o material sobre sustentabilidade para as escolas. “Acreditamos na educação como instrumento de mudança, por isso queremos ir às escolas e falar sobre o assunto", afirmou Maasri. "As crianças precisam aprender formas sustentáveis de viver e só assim poderemos garantir que viverão em um planeta ecologicamente equilibrado”, declarou a coordenadora.

O grupo está conversando também com a comunidade, vizinhos e síndicos de condomínios, para que façam coleta seletiva. “Como este tipo de coleta ainda não existe em todas as regiões do Líbano, distribuímos listas com os centros de coleta seletiva e reciclagem existentes no país”, contou Maasri. O Ecogrupo Brasil Líbano pretende atuar junto à escolas e associações de mulheres, não só em Beirute mas em diversas cidades do país.

Em seu primeiro evento público, no Centro Cultural Brasil-Líbano no dia 28 de novembro, distribuíram panfletos e projetaram vídeos sobre o meio ambiente, além de apresentar o eco-artesanato feito pelas artesãs Katia Awar, Paula Moura e Rose Sabra, que trabalham com a reutilização de materiais descartáveis, como plástico e vidro. Na ocasião, o Ecogrupo foi convidado a fazer uma palestra em uma escola.

Para participar do grupo ou obter mais informações, acesse: https://www.facebook.com/groups/847842055387457/