Notícias

Brasileiro é deputado na Jordânia

27 de setembro de 2017

André Murad nasceu no Rio Grande do Sul e mudou para o país árabe com a família quando tinha nove anos. Em 2016, ele se elegeu para o Parlamento, onde preside o Comitê de Turismo, e agora quer atrair turistas do Brasil.

São Paulo – André Murad nasceu em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, é advogado e deputado... na Jordânia! Filho de mãe brasileira e pai brasileiro de origem palestina, ele se mudou com a família para a nação árabe quando tinha apenas nove anos, fez sua vida lá e no ano passado foi eleito para o Parlamento. Hoje, Murad chefia o Comitê de Turismo do Legislativo jordaniano e quer promover seu país de adoção como destino para os turistas brasileiros.

Murad participou de um jantar organizado pelo embaixador do Brasil em Amã, Francisco Carlos Soares Luz, na noite desta terça-feira (26) numa churrascaria brasileira em Amã, que tinha como convidados também o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, o vice-presidente de Relações Internacionais da entidade, Osmar Chohfi, e o assessor de projetos especiais Tamer Mansour.

Murad foi o parlamentar mais bem votado em seu distrito. “E sou o mais novo no Parlamento”, disse ele por telefone à ANBA. O deputado nasceu em 1982 e tem dupla cidadania, brasileira e jordaniana.

Ele quer organizar uma missão ao Brasil, visitar agências de viagens e promover a Jordânia como destino turístico. “Com certeza os brasileiros vão achar o país muito bonito”, afirmou ele, em português.

O parlamentar destacou que a Jordânia tem atrações únicas como o Mar Morto, o local de batismo de Jesus Cristo junto ao Rio Jordão e as ruínas de Petra, além de ser um destino seguro. Ele acrescentou que os jordanianos têm simpatia pelo Brasil e pelos brasileiros.

Casado e pai de quatro filhos, sendo que a mais velha se chama Juliana, “um nome brasileiro”, Murad conta que visitou o Brasil três vezes desde que se mudou para a Jordânia. Sua mãe, no entanto, vem ao País todos os anos. “Tenho uma família grande no Brasil, são dez tios e tias”, contou.

Participaram também do jantar oferecido pelo embaixador empresários jordanianos, representantes locais de empresas associadas à Câmara Árabe e o editor de economia da agência de notícias do governo da Jordânia, Petra.