Notícias

Catar integra grupo que arrematou bloco do pré-sal

30 de outubro de 2017

A estatal Qatar Petroleum faz parte de consórcio que ficou com a área denominada Alto de Cabo Frio Oeste, na Bacia de Santos, junto com a Shell e a chinesa CNOOC.

São Paulo – A Qatar Petroleum integra um dos consórcios que arremataram blocos na 3ª Rodada de Partilha da Produção no Pré-Sal, realizada na sexta-feira (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. O grupo formado pela Shell, a chinesa CNOOC e a QPI Brasil - subsidiária brasileira da companhia catariana - ficou com o bloco Alto de Cabo Frio Oeste, na Bacia de Santos, litoral sudeste do Brasil.

A proposta feita pelo consórcio prevê que a União ficará com 22,87% da produção, uma vez que o contrato é feito sob o regime de partilha. A Shell será a operadora do bloco, com 55% de participação, a QPI Brasil tem 25% e a CNOOC, 20%.

“Nós estamos felizes que o consórcio ganhou este bloco no Brasil, que contém algumas das áreas propensas a hidrocarbonetos mais promissoras do mundo”, disse o presidente da Qatar Petroleum, Saad Sherida Al-Kaabi, segundo comunicado da empresa. “Esta conquista importante é mais um resultado da estratégia de expandir nossa participação no mercado internacional de produção primária e nossa presença no Brasil, país com o qual temos excelentes relações”, acrescentou.