Notícias

Clube da comunidade libanesa promove viagem às origens

10 de julho de 2016

São Paulo – O clube social paulistano Rachaia vai promover uma viagem de resgate às origens ao Líbano no mês de setembro. O clube tem seu nome inspirado na cidade árabe de Rachaya Al Wadi e é formado principalmente por integrantes da colônia libanesa de São Paulo. A visita ao país acontecerá em comemoração aos 80 anos do clube, de acordo com a fotógrafa Mila Maluhy, que organiza a iniciativa juntamente com o presidente da entidade, Reinaldo Batah, o vice-presidente Willian Daud e o ex-presidente Sérgio Saad.

A viagem ao Líbano durará duas semanas e terá saída da capital paulista no dia 01 de setembro. Os integrantes do grupo ficarão hospedados no Hotel Lancaster Raouche, em Beirute, e de lá se deslocarão para os passeios em diferentes pontos da capital libanesa e em outras cidades do país. De acordo com Maluhy, uma guia que fala português acompanhará os brasileiros.

O roteiro começa com uma palestra da guia sobre o Líbano e prevê visita à região de cedros, no Norte do Líbano, ao Museu Khalil Gibran, gruta Santa Lourdes e almoço no Vale do Kadisha, na cidade de Becharre. O grupo visitará também o Sul do Líbano, onde é possível ver um castelo da época das Cruzadas, lugares sagrados e sítios arqueológicos. Uma ida até o Vale do Bekaa, a uma vinícola e à cidade de Rachaya Al Wadi também estão no roteiro.

São oito dias de um roteiro de passeios bem extenso, incluindo ainda visitas a outros museus, locais históricos, castelos, palácios, mosteiros, atrativos naturais, mesquitas e igrejas. Mas também há previsão de passagens por resorts, passeios a casas de shows, almoços e jantares em locais turísticos e de lazer. Haverá dias livres e um jantar de despedida no dia 14 de setembro. A partida de volta para a capital paulista está prevista para 15 de setembro.

Para que a viagem em grupo aconteça são necessárias no mínimo 20 pessoas. O custo da parte terrestre do roteiro é de US$ 1.600 por pessoa em apartamento duplo. Deste total, US$ 300 deve ser pagos na confirmação da inscrição e o restante na chegada ao hotel. No pacote estão inclusos 13 diárias de hotel com café da manhã, tour de oito dias, jantar de despedida e serviço de guia turístico. A passagem aérea será cobrada a parte.

De acordo com Maluhy, a ideia da viagem surgiu na festa anual do clube de 2015, quando a fotógrafa descobriu que os 80 anos seriam comemorados em 2016. Ela própria sempre teve interesse em conhecer o país de origem de sua família e então, orquestrada com as lideranças do clube, começou a organizar a iniciativa. A ideia é que os libaneses revejam seu país e os descendentes que nunca foram ao Líbano conheçam a terra dos antepassados. A viagem, porém, é aberta a todos os interessados, não sendo preciso ser sócio do clube ou descendente de árabes.

O Clube Rachaia tem sua sede na Rua Tangará, na Vila Clementino, onde são promovidos encontros de convivência com jogos, aperitivos, jantares e festividades. Inicialmente a sede da entidade ficava na Rua Rodrigues Alves, na Vila Mariana, mas há mais de 20 anos foi transferida para um espaço menor. Os dois bairros ficam na Zona Sul de São Paulo.

Serviço:

Viagem ao Líbano
Promoção: Clube Rachaia
De 1 a 15 de setembro de 2016
Mais informações: contato@rachaiaclube.com.br ou mila@milamaluhy.com.br