Notícias

Commodities brasileiras estão 1% mais caras este mês

04 de outubro de 2017

Índice de variação de cotações medido pelo Banco Central teve alta em setembro, mas ainda registra queda no acumulado do ano.

Brasília – O Banco Central divulgou nesta quarta-feira (04) o Índice de Commodities Brasil (IC-Br). Em setembro, o índice apresentou alta de 1,11%. Em 12 meses encerrados em setembro, subiu 0,09%, e no acumulado do ano, houve retração de 5,7%. O IC-Br é calculado com base na variação em reais dos preços de produtos primários brasileiros negociados no exterior.

No mês passado, o segmento de energia (petróleo, gás natural e carvão) registrou aumento de 6,19%, enquanto o de metais (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel) subiu 1,74%. O segmento agropecuário (carne de boi, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco) registrou alta de 0,21%.