Notícias

Crescimento da arrecadação faz déficit primário cair 52,7% em agosto

28 de setembro de 2017

Segundo o Tesouro Nacional, as contas do Governo Central fecharam agosto com saldo negativo de R$ 9,598 bilhões.

Brasília – O crescimento da arrecadação federal em agosto fez o déficit primário cair no mês: as contas do Governo Central fecharam agosto com resultado negativo de R$ 9,598 bilhões, 52,7% abaixo dos R$ 20,302 bilhões negativos de agosto do ano passado. Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional nesta quinta-feira (28).

O resultado, no entanto, está influenciado pela antecipação do pagamento de precatórios: tradicionalmente pagos em novembro e dezembro, eles passaram a ser pagos em maio e junho, piorando o resultado em R$ 18,1 bilhões. O Tesouro decidiu fazer a antecipação para economizar R$ 700 milhões com juros que deixam de ser atualizados.

No acumulado de janeiro a agosto, o déficit está em R$ 75,995 bilhões, o pior resultado da série histórica, que começou em 1997.