Notícias

Dólar tem queda de 2,6%

28 de junho de 2016

Declarações do presidente do Banco Central do Brasil e recuperação de mercados internacionais levaram à queda da cotação da moeda. Bovespa fechou o dia em alta.

São Paulo - O dólar encerrou esta terça-feira (28) cotado a R$ 3,303, o menor valor desde 23 de julho de 2015, e em baixa de 2,61% em relação ao fechamento do dia anterior. Segundo informações da agência Reuters, a moeda norte-americana se desvalorizou em consequência de recuperações dos mercados internacionais após a tensão provocada pela saída do Reino Unido da União Europeia, anunciada na sexta-feira (24).

Outro motivo que influenciou na queda do dólar foi a declaração do presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, de que a autoridade monetária não deverá cortar a taxa de juros básica no curto prazo. Atualmente, essa taxa está em 14,25% ao ano.

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) subiu 1,55% para 50.0056 pontos, influenciado pelos preços do barril de petróleo, em alta de 3,3% para US$ 48,74 na Bolsa de Londres, e do minério de ferro. As ações da Vale e da Petrobras tiveram algumas das maiores valorizações do Ibovespa.