Notícias

Expectativas econômicas melhoram

17 de maio de 2016

Indicador Iace cresceu 1,2% em abril, após subir 1,1% em março e 0,2% em fevereiro. Pesquisa é da Fundação Getulio Vargas com instituição norte-americana TCB.

Rio de Janeiro - O Indicador Antecedente Composto da Economia (Iace) para o Brasil aumentou 1,2%, em abril, segundo o levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), em conjunto com The Conference Board (TCB), instituição norte-americana. Foi a terceira alta seguida após subir 1,1%, em março, e 0,2% em fevereiro.

O economista Paulo Picchetti, do Ibre/FGV, justificou que o resultado reflete um comportamento de melhora de expectativas. “O Iace manteve, em abril, a tendência positiva dos dois meses anteriores, refletindo a melhora da maior parte de seus componentes de expectativas”, disse, por meio de nota. Essa melhora, segundo destacou, é consequência da transição política em um "cenário de redução das incertezas de curto prazo”.