Notícias

Exportação de motos cresce 71%

14 de julho de 2016

São Paulo – O Brasil exportou 31.134 motocicletas no primeiro semestre, um aumento de 70,7% em relação ao mesmo período do ano passado, informou nesta quinta-feira (14) a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). O crescimento foi impulsionado pela recuperação do mercado da Argentina, segundo a entidade.

A Argentina de longe foi o principal destino das exportações nos seis primeiros meses de 2016, seguida da Colômbia, Austrália e Estados Unidos, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Em junho isoladamente foram embarcadas 7.657 unidades, um acréscimo de 36,6% sobre maio e de 39,8% em relação a junho do ano passado.

No mercado interno, porém, o cenário é de retração. Foram produzidas 464.357 motocicletas no País de janeiro a junho, um recuo de 33,4% frente ao mesmo período de 2015. As vendas no atacado (para as lojas) somaram 452.368 unidades, uma diminuição de 31,4% na mesma comparação.

Foram emplacadas 469.581 motocicletas nos seis primeiros meses de 2016, o que reflete o número de vendas no varejo, uma queda de 26,8% em relação ao primeiro semestre de 2015.

“Com exceção das vendas externas, o resultado do semestre ficou aquém do esperado pela indústria de duas rodas”, disse o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, de acordo com comunicado da entidade.