Notícias

Governo brasileiro promove missão ao Golfo

03 de novembro de 2017

Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) lidera delegação que terá agenda nos Emirados, Arábia Saudita, Kuwait, Bahrein e Catar a partir de domingo. Câmara Árabe participa.

São Paulo – O governo federal promove a partir deste domingo (05), por meio da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), uma missão a cinco países do Golfo. A delegação será formada por representantes de entidades, ministérios e organismos públicos e terá como foco a atração de investimentos para o Brasil. O grupo passará por Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Kuwait, Bahrein e Catar.

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira integra a iniciativa por meio da participação do diretor geral Michel Alaby e do diretor de Investimentos, Daniel Hannun. A missão terá liderança do Secretário de Coordenação de Projetos do PPI, Tarcísio Gomes de Freitas, e presença de representantes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MPTA), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O objetivo da viagem é apresentar as oportunidades de investimentos no Brasil aos fundos soberanos dos países visitados. “É importante estarmos presentes nesta missão para dar suporte às parcerias que o governo pretende estabelecer junto aos fundos soberanos”, afirmou Alaby para a ANBA. A entidade irá ajudar na apresentação dos projetos.

O diretor geral lembra que alguns países árabes, como Catar, Arábia Saudita e Emirados, já têm investimentos no Brasil, em setores como petróleo, plástico, logística, agricultura, financeiro e aviação. “O Brasil é muito atrativo para eles, principalmente a infraestrutura em transporte para escoamento da produção agrícola”, diz Alaby. O país é um importante fornecedor de alimentos para os países árabes do Golfo pelos quais a missão vai passar.

As atividades da missão começam neste domingo pelos Emirados e seguem com Arábia Saudita, Bahrein, depois Kuwait e Catar. O último dia de agenda é 12 de novembro. Estão previstos encontros com representantes do Emirates Investment Authority (EIA), o Saudi Fund for Development (SFD) e o Bahrain Sovereign Wealth Fund (MUMTALAKAT), entre outros, segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria Especial do PPI.

Além de Alaby, Hannun e Freitas, integram a delegação o chefe da Assessoria Internacional da Secretaria do PPI, Jean Marcel Fernandes, o diretor do Departamento de Parcerias do MPTA, Fábio Luiz Lima de Freitas, e o economista do Departamento de Captação e Relacionamento Institucional do BNDES, Luís Otávio Reiff.

Pela Apex-Brasil participam a gerente de Investimentos, Maria Luisa d’Orey Barreira Cravo Wittenberg, o coordenador de Investimentos, Luiz Carlos Tavares de Carvalho, e a gerente de operações do escritório da agência para o Oriente Médio e Norte da África, Karen Jones.