Notícias

Marrocos tem déficit 7,7% maior

17 de junho de 2016

Balança comercial do país registrou saldo negativo de US$ 6,9 bilhões de janeiro a maio. Importações cresceram mais que as exportações.

Rabat – O déficit comercial do Marrocos cresceu 7,7% de janeiro a maio, em comparação com o mesmo período do ano passado, e chegou a 67,42 bilhões de dirhans marroquinos (US$ 6,9 bilhões), de acordo com informações divulgadas pelo Escritório de Câmbio do governo do país.

O avanço do saldo negativo ocorreu em função de um aumento de 4,3% das importações, ao passo que as exportações cresceram apenas 2%.

A alta das compras externas, que somaram 163,35 bilhões de dirhans (US$ 16,8 bilhões) de janeiro a maio, foi impulsionada principalmente pelas aquisições de bens de capital, bens de consumo, produtos semimanufaturados e alimentos.

Houve, no entanto, uma queda de 31% nas importações de itens da cadeia de petróleo e gás, o que impediu que o crescimento das compras externas fosse ainda maior.

As exportações, por sua vez, somaram 95,92 bilhões de dirhans (US$ 9,9 bilhões). Ocorreu aumento nos embarques dos setores automotivo, têxtil, agrícola e aeronáutico, mas recuaram em 11% as vendas de fosfatos e derivados, um dos principais segmentos exportadores do Marrocos.