Notícias

Superávit comercial de julho soma US$ 1,5 bilhão

11 de julho de 2016

São Paulo – A balança comercial brasileira acumulou superávit de US$ 1,488 bilhão em julho até a última sexta-feira (08), resultado de US$ 4,975 bilhões em exportações e US$ 3,487 bilhões em importações, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (11) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

As vendas externas somaram US$ 829,1 milhões por dia útil, um aumento de 2,9% sobre a média diária de julho do ano passado. Houve crescimento de 17,4% nos embarques de produtos semimanufaturados, principalmente ferro fundido, açúcar bruto, ouro em forma semimanufaturada, óleo de soja bruto, ferro-ligas, cátodos de cobre, celulose e couros.

Ocorreu também avanço de 8,4% nas exportações de itens básicos, como petróleo bruto, minério de cobre, farelo de soja, fumo, carne suína e soja em grãos. Houve, no entanto, queda de 8,2% nos envios de manufaturados, especialmente aviões, motores e gerados elétricos, autopeças, veículos de carga, automóveis de passageiros, e óxidos e hidróxidos de alumínio.

Na outra mão, as importações ficaram em US$ 581,1 milhões por dia útil, um recuo de 17,2% em relação à média diária de julho de 2015. Caíram especialmente os gastos com siderúrgicos, automóveis e partes, adubos e fertilizantes, farmacêuticos, e combustíveis e lubrificantes.

No acumulado do ano, as exportações estão em US$ 95,228 bilhões e as importações em US$ 70,088 bilhões, resultando num saldo comercial positivo em US$ 25,14 bilhões.