Notícias

Zabelê exporta moda praia ao Oriente Médio

16 de maio de 2016

São Paulo – A Zabelê Beachwear, marca brasileira de moda praia, comercializa 90% da sua produção no mercado internacional e tem na sua lista de compradores dois países árabes. A empresa exportou para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em duas oportunidades e também fez uma venda para o Egito, de acordo com informações da proprietária da marca, a administradora de empresas Carolina Coelho.

A empreendedora conta que para os Emirados Árabes foram enviados dois pedidos, em 2012 e 2013, e para o mercado egípcio foi um, em 2014. “Não tenho muito conhecimento (sobre os países árabes), fiquei surpresa com os pedidos”, afirma Coelho. No entanto, a administradora tem vontade de saber mais sobre as demandas e peculiaridades do mercado árabe em moda praia e ampliar a parceria com a região.

A Zabelê Beachwer fica em Porto Alegre, na capital gaúcha, e comercializa seus produtos via internet. O site Alibaba é um dos seus principais canais de venda. Desde que as exportações começaram, em 2010, os produtos foram enviados para mais de 20 países, segundo Coelho. O principal mercado comprador no exterior é o dos Estados Unidos. As peças são bastante vendidas para o estado norte-americano do Havaí.

A marca produz seus biquínis e maiôs com três tipos de cortes. Um deles é o brasileiro, no qual a calcinha cobre metade do bumbum, o outro é o American Cut, com uma modelagem maior, e o terceiro é o String, que é o fio dental. Carolina Coelho conta que o tipo mais procurado no exterior é o brasileiro.

A Zabelê Beachwear foi criada em 2004 e no começo das suas atividades trabalhava com o mercado brasileiro. Mas em função das dificuldades de recebimento junto aos varejistas brasileiros, a proprietária resolveu aprender o caminho da exportação e se voltou para ela em 2010. “Sempre pensei que o produto seria bem valorizado no exterior, mas era uma ideia para médio e longo prazo”, conta Coelho.

Hoje são poucas as vendas ao mercado nacional e o foco é mesmo a exportação. A proprietária atribui o bom desempenho no exterior aos modelos diferente e exclusivos que a Zabelê oferece, o bom gosto das combinações, como a mistura de tecido estampado com o liso, e a qualidade dos materiais utilizados e do acabamento.

A criação e a modelagem são feita na própria Zabelê, mas a confecção é terceirizada. O volume produzido fica entre mil e cinco mil peças mensais, de acordo com a época do ano. Coelho conta que a época com maior produção são as primaveras, tanto a do Hemisfério Norte como a do Hemisfério Sul.

Contato:
Zabelê Beachwear
Site: www.zbl.com.br
Telefone: +55 (51) 30852516
Email: contato@zbl.com.br
Skype: zabelebeachwear